12 de dezembro de 2017

Estação Barra Funda da CPTM é palco de apresentações artísticas

Compartilhe
Shows fazem parte da 3ª edição do projeto “Arte na Rua”, parceria da TV Globo com a CPTM

As estações da CPTM estão em ritmo de festa. Até o dia 15 de dezembro, diversas estações recebem o projeto natalino “Arte na Rua”, que reúne inúmeros artistas que ganharam projeção no cotidiano da capital paulista.

Nesta quarta-feira (13/12), a partir das 17h, a Estação Palmeiras- Barra Funda, que atende as linhas 7-Rubi e 8-Diamante, receberá diversos artistas que animarão o fim de tarde dos usuários. Serão quatro apresentações.

Abrindo a rodada de shows, o Elvis da Paulista, conhecido por suas performances na avenida mais famosa de São Paulo, mistura canções clássicas de Elvis Presley com atuações irreverentes e marcantes.

Às 17h30, Daniel Viana realiza uma intervenção interativa. Em um cenário composto por uma máquina de escrever, uma mesa e duas cadeiras, surge o convite do poeta “Troco um causo por um conto”. Com seu projeto Guardanapos Poéticos, o artista ouve histórias de vida compartilhadas pelo público e transforma, de imediato, o depoimento em poesia ou micro-conto. O resultado é datilografado em guardanapos coloridos e presenteado ao público participante.

Às 18h, o cantor Rafa Moraes apresenta seu novo projeto Retirante Cósmico. O artista mistura influências de jazz, guitarrada, rock psicodélico, lambada e mais um caldeirão de canções instrumentais que fazem o público dançar e viajar.

O encerramento fica por conta de Bernadete França. A artista interpreta sucessos de grandes nomes da música popular nordestina, como Luiz Gonzaga, Jackson do Pandeiro, Humberto Teixeira e Dominguinhos.

A programação prosseguirá no dia 15 nas estações Pinheiros e Grajaú (Linha 9-Esmeralda).

As apresentações são gratuitas para os usuários do sistema e fazem parte do projeto “Arte na Rua”, iniciativa da Rede Globo, realizada em parceria com a CPTM. Confira a programação


Serviço

Local: Estação Palmeiras-Barra Funda (Linhas 7-Rubi e 8-Diamante)
Data: 13/12, quarta-feira, das 17h às 20h
Atrações: Bernadete França, Retirante Cósmico e Elvis da Paulista

Local: Estação Pinheiros (Linha 9-Esmeralda)
Data: 15/12, sexta-feira, das 11h às 14h
Atrações: Nicolas MC, Verde Lins e Pena Branca e Forró di Muié

Local: Estação Grajaú (Linha 9-Esmeralda)
Data: 15/12, sexta-feira, das 17h 20h
Atrações: Nicolas MC, Verde Lins e Pena Branca e Forró di Muié


CPTM – Companhia Paulista de Trens Metropolitanos

Governo de SP estuda reajuste da tarifa de trens e Metrô para 2018

Compartilhe
Foto: Ricardo Guimarães
Passagem pode sofrer reajuste nos últimos dias de dezembro se for repetido o mecanismo dos últimos dois aumentos feitos pela Prefeitura e governo estadual; gestão Doria diz apenas que 'ainda não há definição'.

Perto do final do ano, o governo de São Paulo afirma que estuda “possibilidades sobre o reajuste da tarifa” de Metrô e da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) para 2018.

O valor unitário da passagem, de R$ 3,80, foi instituído em janeiro de 2016 e não sofreu reajustes no final do último ano após o prefeito João Doria anunciar o congelamento da tarifa de ônibus.

A decisão acabou sendo seguida pelo governador Geraldo Alckmin para o Metrô e para a CPTM.

Em relação à tarifa de 2018, a Secretaria de Transportes Metropolitanos, do governo estadual, confirmou apenas que são feitos estudos, mas não adiantou qual valor deve ser adotado.

Já a gestão Doria, questionada se haverá aumento para ônibus ou se a medida está descartada, afirmou apenas que “não há definição sobre o assunto”.

O aumento na tarifa do transporte público de São Paulo é geralmente combinado entre a prefeitura e o governo estadual para que aconteça na mesma data e nos mesmos valores para ônibus, metrô e trens.
Desde os protestos de junho de 2013 contra um aumento de R$ 0,20 na tarifa, promovidos
principalmente por estudantes, as autoridades paulistas não dão pistas sobre os reajustes até o final de dezembro de cada ano, quando o anúncio ocorre no meio do período de festas.

Em 2014, por exemplo, a gestão Fernando Haddad (PT) anunciou o reajuste da tarifa de R$ 3 para R$ 3,50 no dia 26 de dezembro. Três dias depois, o governo de São Paulo confirmou o aumento também para o transporte sobre trilhos, e o novo preço entrou em vigor em 6 de janeiro.

Em 2015, o anúncio foi feito no dia 30 de dezembro pela prefeitura e pelo governo de São Paulo. O valor de R$ 3,80 passou a valer em 9 de janeiro de 2016.

Em 2017, a passagem unitária ficou congelada, mas houve aumento no valor da integração, aplicado em abril.

Subsídios

A prefeitura tenta tirar do papel uma nova contratação das empresas de ônibus. O atual serviço foi contratado em 2003, na gestão Marta Suplicy. Os acordos venceram em 2013 e vêm sendo renovados anualmente. Em 2019, porém, pela Lei de Licitações, já não poderão ser renovados.

A administração municipal diz esperar melhorar a eficiência e a prestação do serviço fazendo uma nova contratação de empresas para realizarem o serviço na capital.

A gestão João Doria informa no projeto de lei do Orçamento de 2018 que prevê reduzir o gasto com subsídio ao sistema de ônibus em 25,1%. Esse é o gasto com compensações para cobrir gratuidades, e que em 2017 baterá o recorde de R$ 3,1 bilhões, segundo previsão da prefeitura. A administração municipal não detalha como conseguirá reduzir esse gasto para os R$ 2,3 bilhões previstos para o ano que vem.


G1 - https://g1.globo.com/sp/sao-paulo/noticia/governo-de-sp-estuda-reajuste-da-tarifa-de-trens-e-metro-para-2018.ghtml

9 de dezembro de 2017

​Obras de modernização alteram circulação dos trens no fim de semana

Compartilhe
Neste fim de semana, 9 e 10 de dezembro, a CPTM prosseguirá com as obras de modernização em suas linhas. Por isso, os trens circularão com maiores intervalos em trechos e horários específicos. Confira a programação e antecipe sua viagem:

 
Linha 7-Rubi (Luz – Francisco Morato)

Domingo: das 4h à meia-noite, haverá obras de modernização do sistema de rede aérea entre as estações Franco da Rocha e Baltazar Fidélis. O intervalo médio dos trens será de 24 minutos entre as estações Luz e Francisco Morato.  

Linha 8-Diamante (Júlio Prestes – Itapevi)

Domingo: das 4h às 9h, a circulação ficará interrompida entre as estações Barueri e Jandira devido às obras de modernização da Estação Jardim Belval. O trajeto será realizado por meio de ônibus gratuito. As estações Jardim Belval e Jardim Silveira estarão fechadas e os usuários terão que pegar as senhas dos ônibus nas estações Jandira e Barueri. 
Linha 9-Esmeralda (Grajaú – Osasco)

Sábado: das 21h até o fim da operação comercial, em razão de intervenções nos equipamentos de via permanente entre as estações Morumbi e Berrini, o intervalo médio dos trens será de 25 minutos em toda a linha
Linha 10-Turquesa (Brás – Rio Grande da Serra)

Domingo: das 13h às 21h, haverá intervenções nos equipamentos de via permanente nas imediações da Estação Rio Grande da Serra. O intervalo médio dos trens será de 20 minutos em toda a linha. 

Linha 12-Safira (Brás – Calmon Viana)

Sábado: das 22h até o fim da operação comercial, por conta das obras de implantação da Linha 13-Jade no trecho entre as estações Engenheiro Goulart e USP-Leste, o intervalo médio dos trens será de 25 minutos em toda a linha.
Desafio: a CPTM ressalta que executar as obras de modernização, mantendo simultaneamente o atendimento aos usuários, é um grande desafio. As ações exigem medidas como promover intervenções em horários de menor movimentação de passageiros, aos finais de semana, feriados e madrugadas.  Em caso de dúvidas ou informações complementares, a CPTM coloca à disposição o Serviço de Atendimento ao Usuário: 0800 055 0121.

​Obras de modernização alteram circulação dos trens no fim de semana

Compartilhe

Neste fim de semana, 9 e 10 de dezembro, a CPTM prosseguirá com as obras de modernização em suas linhas. Por isso, os trens circularão com maiores intervalos em trechos e horários específicos. Confira a programação e antecipe sua viagem:


 

Linha 7-Rubi (Luz – Francisco Morato)

 

Domingo: das 4h à meia-noite, haverá obras de modernização do sistema de rede aérea entre as estações Franco da Rocha e Baltazar Fidélis. O intervalo médio dos trens será de 24 minutos entre as estações Luz e Francisco Morato.  

 

Linha 8-Diamante (Júlio Prestes – Itapevi)

 

Domingo: das 4h às 9h, a circulação ficará interrompida entre as estações Barueri e Jandira devido às obras de modernização da Estação Jardim Belval. O trajeto será realizado por meio de ônibus gratuito. As estações Jardim Belval e Jardim Silveira estarão fechadas e os usuários terão que pegar as senhas dos ônibus nas estações Jandira e Barueri. 

Linha 9-Esmeralda (Grajaú – Osasco)

 

Sábado: das 21h até o fim da operação comercial, em razão de intervenções nos equipamentos de via permanente entre as estações Morumbi e Berrini, o intervalo médio dos trens será de 25 minutos em toda a linha

Linha 10-Turquesa (Brás – Rio Grande da Serra)

 

Domingo: das 13h às 21h, haverá intervenções nos equipamentos de via permanente nas imediações da Estação Rio Grande da Serra. O intervalo médio dos trens será de 20 minutos em toda a linha. 

 

Linha 12-Safira (Brás – Calmon Viana)

 

Sábado: das 22h até o fim da operação comercial, por conta das obras de implantação da Linha 13-Jade no trecho entre as estações Engenheiro Goulart e USP-Leste, o intervalo médio dos trens será de 25 minutos em toda a linha.

Desafio: a CPTM ressalta que executar as obras de modernização, mantendo simultaneamente o atendimento aos usuários, é um grande desafio. As ações exigem medidas como promover intervenções em horários de menor movimentação de passageiros, aos finais de semana, feriados e madrugadas.  Em caso de dúvidas ou informações complementares, a CPTM coloca à disposição o Serviço de Atendimento ao Usuário: 0800 055 0121.

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).